Profissionais da Assistência Social realizam palestras com temas importantes na zona rural Os profissionais do CRAS da Redenção, através de sua equipe volante, realizaram na manhã de ontem, segunda-feira (11/06), no povoado Canafístula, uma palestr" property="og:description"> Prefeitura Municipal de Parnarama - MA
  •  
  •  
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Fale conosco
11/06/2019
Profissionais da Assistência Social realizam palestras com temas importantes na zona rural

Adolescentes da Comunidade Rural recebem profissionais com palestras importantes.
Fonte: ASCOM

Os profissionais do CRAS da Redenção, através de sua equipe volante, realizaram na manhã de ontem, segunda-feira (11/06), no povoado Canafístula, uma palestra sobre o tema: Prevenção de gravidez precoce na adolescência e doenças sexualmente transmissíveis.

Segundo pesquisas do Ministério da Saúde, de 1940 a 2000, houve um decréscimo na taxa de fecundidade entre mulheres como um todo, porém entre adolescentes ocorreu o contrário. Desde 1990, a taxa de fecundidade entre adolescentes aumentou 26%. (MINISTÉRIO DA SAÚDE, 2007b). “Uma brasileira entre 10 e 14 anos dá à luz a cada 15 minutos... Ao todo, 700 mil meninas têm filhos anualmente em um país onde 2/3 de adolescentes pertencem às classes baixas...” (ABRAMOVAY, 2004, p.134).

Não há como negar as consequências da gravidez precoce no futuro das adolescentes. De acordo com dados do PNDS/1996, a gravidez e a maternidade precoce são fatores importantes que contribuem para aumentar as taxas de evasão escolar de meninas adolescentes na faixa etária de 15 a 19 anos.

A gravidez não planejada, quando indesejada, pode conduzir ao aborto e comprometer a saúde física, emocional e psicológica da adolescente. Segundo dados do Ministério da Saúde de 2003 “as internações por gravidez, parto e puerpério correspondem a 37% das internações entre mulheres de 10 a 19 anos, no SUS” (Sistema Único de Saúde). (MINISTÉRIO DA SAÚDE, 2007b, p.18).

Com relação ao aborto provocado, a “Organização Mundial de Saúde (OMS) adverte que na América do Sul, ocorre o maior número de abortos clandestinos do mundo” (ABRAMOVAY, 2004, p. 219) e no Brasil as estimativas apontam que sejam realizados um milhão de abortos clandestinos por ano.

Texto: Aristeu Carvalho





Fotos Relacionadas

Deixe seu comentário



PREFEITURA MUNICIPAL PARNARAMA

CNPJ: 06.115.117/0001-05


Tel: (99) 3577-1391


E-MAIL: sec.admparnarama@gmail.com